Rui Ramalho já na frente

O bicampeão nacional absoluto está no comando da Rampa de Boticas. Só utilizou uma das subidas de treinos e logo aí dominou. Na subida de prova esteve muito longe da concorrência e prepara-se para fechar a época invicto.

O muito público presente no dia inicial da Rampa de Boticas 2018, oitava e última prova da temporada do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group, teve de esperar pela terceira subida para poder observar em acção Rui Ramalho e o Osella PA2000 EVO2 da PR Miniracing, já que o campeão nacional absoluto prescindiu de subir na sessão de warm-up e na 1ª sessão de treinos.

Mas logo na primeira vez que reagiu ao semáforo, foi rampa fora e realizou um tempo fora do alcance do restante pelotão, repetindo o feito na 1ª subida oficial de prova, marcando 2.23.456 no crono, à média horária de 128,23 Km/h. Começa da melhor forma a perseguição do único objectivo que lhe falta cumprir: terminar a época invicto, já que os títulos nacionais Absoluto e da Categoria Protótipos estão já resolvidos.

O 2º lugar do pódio provisório está a ser ocupado por José Correia. O piloto do Nissan Nismo GTR-GT3 foi sempre o que mais perto rodou de Rui Ramalho.

Descansa esta noite na vice-liderança da prova e do campeonato absoluto, com um avanço de 3,2 segundos sobre Luís Nunes (Audi RS3 LMS) que esteve a um nível elevado, dominando a Categoria Turismos, a sua Divisão 4 e sendo 3º no pódio botiquense. Nunes está a rodar a um ritmo endiabrado. 

O já campeão nacional de Turismos, Manuel Correia, está em 4º após este primeiro dia, acumulando ainda a posição de líder da Divisão Turismo 2. 

Atrás de si, na quinta posição da prova, está o segundo protótipo, no caso o BRC CM02 de Nuno Guimarães.

6º lugar para Joaquim Teixeira (Seat Leon Eurocup MK3). A correr "em casa", encetou um duelo muito interessante com a jovem Gabriela Correia (Seat Leon MK3) pela liderança da Divisão Turismo 3, tendo puxado pelos galões na subida "a sério" e assume o comando dessa divisão.

Gabriela Correia é 7ª da geral e está a realizar uma prova espantosa, disputando taco a taco os lugares de relevo. Notável época de estreia para uma jovem com pouco mais de 16 anos! 

Sem tréguas está a luta pela vitória final na Divisão Turismo 1. O duelo entre Parcídio Summavielle (Renault Clio R3) e Pedro Coelho Saraiva (Ford Fiesta R5) está au rubro, com ambos a alternarem a primazia na divisão. Primeiro foi Parcídio a dominar mas, na subida "a valer" para a geral, Coelho Saraiva foi mais rápido e está no comando. A refrega promete. 

Quanto ao Campeonato de Portugal de Clássicos JC Group, as ausências de José Pedro Gomes e Flávio Saínhas, irão dar ao campeonato um vencedor estreante nesta época.

Após este primeiro dia, é Ricardo Salgueiro (Ford Escort MKII) que assume a liderança.

É, obviamente, também o melhor na divisão 6, na frente de Rui Gama (Austin Clubman MKII) e de Augusto Vasconcelos (Ford Escort MKI), segundo e terceiro, respectivamente. Vasconcelos lidera a Divisão 5.

Nas taças para os 1300, Leonel Brás (Citroen AX) domina e José Pedro Figueiredo (Datsun 1200) é o melhor na "guerra" dos pequenos clássicos, neste seu regresso após algumas provas de ausência. 

O segundo dia da Rampa de Boticas, organizada pelo Demoporto, com o apoio do Município de Boticas, tem início marcado para as 10h00, com a sessão de warm-up de Domingo. Seguir-se-á, uma sessão de treinos cronometrados e as duas subidas finais de prova.

Fonte: CPM - Joaquim Amândio Santos

BOTICAS HOTEL - ART & SPA****

Rua Gomes Monteiro, Nº 5 - Boticas

Tel. (+351) 276 414 330